ATENÇÃO: Todos os links e arquivos que se encontram no site, estão hospedados na própria Internet, somente indicamos onde se encontra, não hospedamos nenhum CD ou programas que seja de distribuição ilegal. - Qualquer arquivo protegido por algum tipo de lei deve permanecer, no máximo, 24 horas em seu computador. - Eles podem ser baixados apenas para teste, devendo o usuário apagá-lo ou compra-lo após 24 horas.- A aquisição desses arquivos pela internet é de única e exclusiva responsabilidade do usuário. - Os donos, webmasters e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do site não tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuário venha a baixar e para que ira utiliza-los. Equipe Pestaninha.com. !!! APROVEITE PARA BAIXAR ENQUANTO O LINK ESTÁ ON!!!

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

SDXC SanDisk 64 GB. Cartão de memória de vídeo 1080p


Imagem diz quase tudo. SanDisk apresenta cartão de memória SDXC capacidade de 64 gigabytes. Este é o modelo de maior capacidade na oferta deste fabricante.
Aparentemente devido a uma velocidade de leitura de até 15MB/si Standard Class 4 de transferência, o novo cartão é ideal para a leitura / gravação de arquivos grandes e de alta resolução de 1080p.
SDXC é o sucessor do popular formato SD - Disse Susan Park, gerente de marketing de varejo de produtos da SanDisk. 64 GB SanDisk Ultra SDXC oferece a velocidade ea capacidade, que os usuários precisam para gravar vídeo HD e velocidade ainda maior série de fotografia. O cartão é um excelente complemento ao trabalho apresentado na última câmeras SDXC padrão.
Infelizmente, um grande volume teve que ir de mãos dadas com um preço elevado. Cartão de 64GB da SanDisk Ultra SDXC tem uma garantia de vida, mas custa muito -- 1120 ouro.
Abaixo vou anexar o texto integral do comunicado de imprensa oficial:

SanDisk está apresentando seu maior cartão SD ™:

SanDisk Ultra SDXC uma capacidade de 64 GB
Novo cartão de memória SD tem a maior capacidade oferecida pela SanDisk neste formato, portanto, ideal para a gravação de vídeo em HD.
Varsóvia, 22 de janeiro de 2010 - A SanDisk (NASDAQ: SNDK), líder mundial na produção de memória flash, anunciou hoje o lançamento de um novo 64 gigabytes de SDXC SanDisk ® Ultra ™ SD ™ com a maior capacidade em nossa empresa. Com a sua capacidade de 64GB, odczytu2 atingindo 15MB/si transferência de dados de alta velocidade padrão de classe 4, o novo cartão é ideal para a leitura / gravação de arquivos grandes e de alta resolução de 1080p.
Produção de cartões SDXC é baseado na nova especificação SD 3,0, o que permite o desenvolvimento de placas de tamanho 2 terrabajtów (TB) 3 Estrutura de arquivos em cartões SDXC exFAT muito mais fácil de gravar vídeos longos no HD. No cartão de 64GB da SanDisk Ultra SDXC pode economizar mais de 8 horas de vídeo de tal taxa, de 9 Mbps (HD) *.
"SDXC é o sucessor do popular formato SD" - disse Susan Park, gerente de marketing de varejo de produtos da SanDisk. "64 GB SanDisk Ultra SDXC oferece a velocidade ea capacidade, que os usuários precisam para gravar vídeo HD e velocidade ainda maior série de fotografia. O cartão é um excelente complemento ao trabalho apresentado na última câmeras SDXC padrão. "
Desde o SD 3,0 especificação foi publicada recentemente, o mercado de dispositivos podem ainda ser relativamente pequena, adaptado a este padrão. No entanto, todas as indicações são de que o desenvolvimento e aumentar o número de produtos que utilizam a tecnologia SDXC logo crescer rapidamente. Canon durante a CES concluiu recentemente anunciou que todas as câmeras nas câmeras nova série PowerShot, VIXIA e será compatível com cartões SDXC. Standard SDXC em breve vir a ser usado em um número significativo de produtos na área da electrónica de consumo, como televisores HD, leitores e gravadores de Blue-ray Disc, câmeras, sistemas de navegação e telefones móveis. Sistema operacional Leitores de cartões cartões SanDisk ImageMate ® são compatíveis com SDXC se utilizado suporta formato de arquivo exFAT.
Cartão de 64GB da SanDisk Ultra SDXC tem uma vida, uma garantia limitada **. O cartão já está disponível para venda na www.sandisk.com. Logo em todo o mundo, estará disponível, inclusive na Polónia, no preço de cerca de 1120 PLN (preço bruto inclui IVA).
1 1 gigabyte (GB) = 1 bilhão de bytes.
2 Até 15 MB / s de velocidade de \ czytu, menor velocidade de gravação. Com base em testes internos da SanDisk, o desempenho pode ser menor dependendo da unidade, onde os testes são realizados. 1 megabyte (MB) = 1 milhão de bits.
3 1 TB (terabyte) = 1 trilhão de bytes.
* Hipóteses: os resultados vão variar dependendo do tamanho do arquivo, resolução, compressão de conteúdo, os dispositivos de acolhimento, mais detalhes sobre www.sandisk.com
** Garantia 10 anos em regiões que não honra uma garantia limitada

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Filme Te Amarei para Sempre Dvdrip

Download Filme Te Amarei para Sempre Dvdrip
Henry DeTamble (Eric Bana) conheceu Clare Abshire (Rachel McAdams) quando tinha apenas 6 anos, em um campo perto da casa de seus pais. Logo eles se tornaram grandes amigos, avançando para confidentes e depois amantes. Só que há um problema: o futuro de Clare é o passado de Henry. Ele é um viajante do tempo, devido a uma modificação genética rara que o faz levar a vida sem saber em que época estará. O fato de Henry conhecer o futuro sempre incomodou Clare, mas agora a situação se inverteu. Quando Henry volta no tempo para encontrar Clare aos 6 anos, é ela que, em sua fase adulta, sabe qual será o futuro de seu amado.
Titulo Original: The Time Traveler’s Wife
Título Traduzido: Te Amarei para Sempre
Lançamento: 2009
Gênero: Romance
Tamanho: 430 Mb
Formato: DVDRip
Qualidade de Áudio: 10
Qualidade de Vídeo: 10
Vídeo Codec: Avi
Audio Codec: Mp3
Idioma: Inglês
SCREEN DA QUALIDADE : AQUI
MEGAUPLOAD – DOWNLOAD
UPLOADING – DOWNLOAD
2SHARED – DOWNLOAD
DEPOSITFILES – DOWNLOAD
TAMANHO: 700
MEGAUPLOAD – DOWNLOAD
LEGENDA
4SHARED – DOWNLOAD
DEPOSIT – DOWNLOAD

Filme Lula O Filho Do Brasil

Download Filme Lula O Filho Do BrasilUm filme sobre uma mãe e um filho, um menino, um sobrevivente, um homem que tomou as rédeass da sua vida. 1945, sertão de Pernambuco. Menos de um mês depois de seu marido, Aristides, partir para tentar a vida em São Paulo, com uma moça bem mais nova, Dona Lindú dá a luz ao seu sexto filho, Luiz Inácio da Silva, que logo ganha o apelido de Lula, o filho do Brasil é a saga de uma familia Silva igual à odisséia de tantas outras familias Silva deste Brasil.
Nome Original: Lula O Filho Do Brasil
Direção: Fabio Barreto
Lançamento: 2010
Duração 125min
Qualidade: CAM
Nota Áudio
: 7
Nota Vídeo
: 7
Formato: AVI
Tamanho: 1 Gb
Ídioma: Português
Junte Com Hjsplit
MEGAUPLOAD : PARTE1PARTE2
BITROAD : PARTE1PARTE2
X7 : PARTE1PARTE2
UPFILE : PARTE1PARTE2

Percy Jackson: E O Ladrão de Raios Legendado

Download Percy Jackson: E O Ladrão de Raios LegendadoPercy Jackson: O Ladrão de Raios acompanha um garoto de 12 anos, chamado Perseu, que descobre ser filho do Deus do Mar, Poseidon. Com o tempo, aprende que os Deuses do Olimpo ainda existem, assim como outras criaturas mitológicas, como Minotauros, Centauros e Titãs. Mais tarde o jovem ganha a espada Anaklusmos, um presente de seu pai, porém é entregado por Quíron, um centauro, cujo é seu professor de latim e mentor. Tudo corre bem até que Perseu é acusado de roubar o símbolo de poder do Deus mais temido do Olimpo, Zeus. Então tenta se provar inocente com a ajuda de seus amigos: Grover Underwood e Annabeth; filha de Atena, para confrontar Hades, um dos acusados de ter roubado o raio-mestre.
Estilo: Filme / Aventura
Tamanho: 700 mb
Formato: AVI / CAM
Idioma: Inglês
Legenda: Português
MEGAUPLOAD – DOWNLOAD
MEGAUP – DOWNLOAD
DEPOSITFILES – DOWNLOAD
LEGENDA
4SHARED – DOWNLOAD

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Primeiro chip de destravamento do PS3 está em teste

Uma das preocupações dos gamers que compram o PS3, especialmente no Brasil, é que o videogame é travado. Ou seja, se você quiser assistir a um DVD da região 3, em português, não consegue. O mesmo vale para “jogos em backup”, como dizem os autores do chip.
chip-ps3
Segundo o Belzar.com relatou, o grupo “fez o que muitos falharam em fazer, nós temos um modchip para boot funcionando em nível beta, sendo testando agora mesmo”. Ou seja, funciona para qualquer tipo de disco de Blu-ray disponível.
A dificuldade para destravar o Playstation 3 até hoje é a tecnologia usada, o Blu-ray. Chips que façam com que o console rode qualquer jogo ou Blu-ray de qualquer região ainda não funcionaram.
É importante lembrar, porém, que o uso de qualquer modificação desse tipo faz com que o usuário não possa mais acessar a PSN (Playstation Network). É uma opção que não tem volta. Então, é preciso pensar se vale a pena jogar fora seu acesso à rede em troca desse benefício…

Hacker diz ter desbloqueado PlayStation3


Um hacker americano, famoso por quebrar o código do aparelho de telefone celular iPhone, da Apple, ainda adolescente, disse à BBC que teria hackeado o PlayStation 3 da Sony.

George Hotz disse que ainda trabalha para aprimorar a técnica mas que irá divulgar os resultados em breve na internet.

Seu ataque permite usar jogos piratas ou softwares caseiros no PS3, considerado o único jogo de consoles que ainda não havia sido hackeado com sucesso, apesar de estar no mercado há três anos.

"Ele é supostamente impossível de se hackear, mas nada é impossível de se hackear", disse Hotz.

Curiosidade

O americano afirma que levou cinco semanas para quebrar o código do PS3. Ele diz ter começado a estudar o sistema durante três semanas em meados do ano passado. Outras duas semanas no final do ano foram usadas para completar o ataque.

Hotz diz que hackeou o PS3 usando 5% de hardware e 95% de software.

"Você pode usar o hardware para injetar alguma insegurança no sistema e depois explorá-la", afirma.

Ele diz ter sido motivado por curiosidade já que "honestamente, nunca joguei PS3".

Um porta-voz da Sony disse que a empresa investiga a alegação e que ela irá se pronunciar uma vez que tiver mais informações.

Hotz tornou-se famoso em 2007, quando estava com 17 anos, ao abrir o código do iPhone, permitindo que o telefone pudesse ser usado por qualquer operadora e não apenas pela americana AT&T nos EUA.

Ele tem publicado desde então detalhes de outros hacks.

Novo trailer God Of War 3

Novo trailer God Of War 3, e da primeira avaliação

Últimos dias são, sem dúvida, rico em novas informações decorrentes das feiras X10 organizado pela Microsoft e Sony para a boa medida, que mesmo em uma pequena forma de desviar a atenção da concorrência, ofereceu o trailer a seguir, mostrando em uma ação dos títulos mais aguardados para o PlayStation 3 exclusivos -- God of War III. No trailer apresenta as fotos selecionadas do The Game exatamente onde você pode ver que Kratos vai enfrentar os verdadeiros gigantes, ea intensidade dos combates provavelmente não vai deixar-nos na luta pela maioria. Basta olhar para o verme, rastejando sobre o corpo de um monstro enorme rocha, que destrói várias pancadas Kratos. The Game promete ser épico, sem dúvida, e isso é difícil negar neste momento.Video games God of War III:


God Of War II - [PC GAME]



Dados do jogo:
Nome: God Of War II
Fabricante: SCEA
Estilo: Ação / RPG
Tamanho: 7 .4 GB.
Ano de Lançamento: 2009
Sistema Operacional: XP / Vista / Seven
Servidor: MegaUpload.
Agradecimento pelo link: ClauZaca
» Descrição
God of War 2 é a seqüência de um dos títulos de ação em terceira pessoa mais conceituados já lançados para Playstation 2. O game, assim como seu antecessor, apresenta uma fórmula predestinada ao sucesso, que mistura combates brutais com puzzles e elementos de plataforma. Há também certos conceitos de RPG incorporados no jogo, como a evolução de armas e magias através de pontos de experiência, coletados durante as batalhas.
Os combates, nos quais a maior parte do game é embasada, ficam em função dos ataques em cadeia e combos de Kratos, o protagonista, que agora recebe o título de deus da guerra. Desta vez ele tem ainda mais armas e ataques especiais para destruir seus inimigos; novas espadas, lanças e marretas foram incorporadas à lista de armas, e magias como o terremoto de Atlas e a fúria de Cronos poderão ser usadas ao longo do jogo.
O game possui cenários mais amplos e chefes maiores e mais intimidadores, o que não surpreende, tendo em vista que o objetivo de Kratos desta vez não é nada modesto: se vingar do rei dos deuses do Olimpo, Zeus. Há também novos elementos mitológicos nesta versão, como o legendário cavalo alado Pégasus e o herói grego Perseus.
» Configuração Mínima
Processador Dual Core
Memoria Ram 1 Gb
Hd 14 gb de espaço em disco
Placa de video 256/Recomendavel 512
Mouse e teclado
Visual c ++ runtime
Open al
Xlive gamers 4 windows runtime
Adobe acrobat reader 9.0
.Net framework 3.5
Direct x 9 atualizado
esses programas acima citado caso você não possua em seu pc, sera instalado automaticamente.
Monte a imagem Mds/Mdf com o daemon tools, ou outro programa de sua preferência.
Instale o jogo normalmente
Os graficos sao incriveis, menos a parte de quadros durante os golpes senão kratos iria ficar coberto de sangue atrapalhando a visão do personagem.
O jogo na verdade se trata de um game de ps2 que foi modificado por fãs, rodando junto com um emulador.
Não precisa quebrar a cabeça de configurar é so instalar e jogar.
Baixar Gratis God Of War II - [PC GAME]
Download Gratis God Of War II - [PC GAME]

Obs: Esses são links novos, se alguem baixou alguma parte dos links antigos talvez não são compatíveis,, e será preciso baixar tudo de novo

01 | 02 | 03 | 04 |05 | 06 | 07 | 08
Senha para descompactar:  ExiliaEths

Planet Alcatraz [PC-GAME]

Dados do jogo:
Nome: Planet Alcatraz
Estilo: RPG
Fabricante: 1C Publishing
Sistema Operacional: Windows
Ano de Lançamento: 2009
Tamanho: 2.8 GB
Agradecimento pelo link: Ozirís
Descrição:
Planet Alcatraz É um papel que joga o jogo 3D com projeção isométrica. O jogador viaja pelo mundo do jogo e luta contra os inimigos em tempo real.
Em sentido geral Planet Alcatraz pode ser retratado como uma aventura não-linear, com muitos tiros. Em sentido geral Planet Alcatraz pode ser retratado como uma aventura não-linear, muitos, com tiros.
Vários gêneros estão misturados neste jogo, mas apesar de esse fato não está presa entre eles e parece ser um RPG clássico que é baseado em um sistema especialmente desenvolvido.
Vários gêneros estão misturados neste jogo, mas apesar de esse fato não está presa entre eles e parece ser um RPG clássico que é um Baseado em sistema especialmente desenvolvido. A acção tem lugar no planeta prisão de Alcatraz.
A acção tem lugar no Planeta prisão de Alcatraz. Seus habitantes são criminosos inveterados que foram banidos há prazo para a vida por seus crimes terríveis. S
eus habitantes são Criminosos inveterados que foram banidos há prazo para a vida por seus terríveis crimes.
Minimum System Requirements
* Windows 2000/XP;
* DirectX 9.0;
* Processor with a frequency of 1.4 GHz;
* Video level GeForce 4200/Radeon 9000 with 128 MB RAM, 512 MB RAM;
* DirectX-compatible sound card;
* Drive CD / DVD-ROM;
* 3 GB of free hard disk space;
* Keyboard;
* Mouse.
Baixar Gratis Planet Alcatraz [PC-GAME]
Download Gratis Planet Alcatraz [PC-GAME]

Mega 01
Mega 02
Mega 03
Mega 04

Dark Void PC-Full [2010]



Dados do jogo:
Nome: Dark Void
Estilo: Ação
Fabricante: Airtight Games / Capcom Entertainment
Ano: 2010
Sistema Operacional: Windows Vista / XP / 7
Tamanho: 5,5 Gb
Agradecimento pelo link:  Murdok
Descrição:
Dark Void traz uma singular mistura entre combate terrestre e aéreo e dúzias de tecnologias utópicas. Isso tudo colocado sobre um pano de fundo envolvendo deidades ancestrais, alienígenas e cenas de ação em ritmo acelerado.
Dark Void enfoca uma luta velada de alguns poucos seres humanos contra a dominação de uma raça alienígena. Sendo conhecidos durante muito tempo como deuses, os Watchers manipularam a humanidade para servir aos seus propósitos. Durante a trama, o jogador assume o controle de Will, um piloto de aviões comerciais que por acaso acaba sendo tragado para a dimensão alternativa dos Watchers após sobrevoar a região do Triângulo das Bermudas.
Configuração mínima:
[*]Processador: Intel 2.4Ghz or AMD 2.0 GHz[*] Placa de Video: 256 MB GeForce 7900 or Radeon HD 3850 series[*] Memoria: 1 GB RAM[*] OS: Windows Vista/XP[*] Hard drive: 10 GB Free Space
1. Extrair rars.
2. Queimar image, ou Montar com daemon toll.
3. Instalar o jogo.
4. Copiar crack na pasta do jogo.
5. jogue.
Baixar Gratis Dark Void PC-Full [2010]
Download Gratis Dark Void PC-Full [2010]

Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5
Parte 6

The Outbreak - The Olther World´s - PS2

Dados do jogo:
Nome:  The Outbreak
Estilo: Survival Horror
Sistema Operacional: PS2
Ano de Lançamento: 2010
Tamanho: 556 Mb Compac.
Agradecimento pelo link:  DarkWatch
Descrição:
Outbreak é um movie game interativo de zumbi online (reeditado para DVD) que lhe permite tomar decisões.
a ação do personagem principal (dependera das decisões que você optar). Se Cometer um erro seu personagem será devorado por zumbis. O filme contém algumas cenas gore e muita violência como você poderia esperar de um filme deste gênero.
Por exemplo, em uma cena o personagem quebra a perna ao fugir de um zumbi. A ação é congelada e o espectador é apresentado com uma escolha: "salvá-la" ou "deixá-la." Faça a escolha certa, e o filme continua, onde você se depara com opções ainda mais crítica. Tomar a decisão errada, significa encurtar a historia como uma cena final, com as palavras "Você morreu" que aparecem na tela. Mas, tal como os zumbis, os telespectadores não tem que ficar morto para sempre. Eles podem re-começar e tentar chegar ate o final. O jogo apresenta dois finais tornando o Survival Horror uma experiência bem interessante.
Obs: em alguns Ps2 pode dar incompatibilidade dependedo do tipo de chip que estiver
sendo utilizado ( a região tem que ser livre)
O jogo também roda em DVD.
Baixar Gratis The Outbreak - The Olther World´s - PS2
Download Gratis The Outbreak - The Olther World´s - PS2

.::Megaupload::.
Parte01
Parte02
Parte03
Parte04
Parte05
Parte06
.::BitRoad::.
Link Único



God of War 1 PS2 Legendado Pt-Br

War 1 PS2 Legendado Pt-Br

Dados do jogo:
Nome: God of War 1
Estilo: Ação
Fabricante: Sony Computer
Sistema Operacional:
Ano de Lançamento: 2005
Tamanho: 4 Gb

Descrição:
God of War (em português: Deus da Guerra) é um jogo eletrônico lançado para o console PlayStation 2 em 22 de março de 2005. Ele é um jogo de ação-aventura baseado na mitologia grega. God of War foi desenvolvido pela divisão de Santa Mônica da Sony Computer Entertainment.God of War equilibra elementos de ação e raciocínio. O jogador possui diversos tipos de ataque e a animação faz com que todos os movimentos fluam de maneira natural.
Do ponto de vista da jogabilidade, os golpes são fáceis de realizar: os controles perdoam a maioria dos deslizes de sincronia e permitindo que jogadores menos experientes se saiam razoavelmente bem. Além de sua espada básica, ao longo do jogo Kratos terá acesso a diferentes tipos de poderes e armas que poderão ser encaixados dentro de combos (combinações de golpes) cuja execução garante um dano maior ao oponente.
God of War usa a criatividade para não cair na armadilha de ser um simples jogo de amassar botões. Todos os inimigos podem ser mortos com golpes comuns, mas muitos (os maiores principalmente) têm a opção de serem exterminados com ataques sensíveis ao contexto, como um mini-game de pressionar os botões ou girar o direcional como aparece na tela. Com isso, o usuário consegue escolher as armas que deseja.
Junte os arquivos com o HJSplit e grave o arquivo .iso com seu programa de gravação de discos.
Baixar Gratis God of War 1 PS2 Legendado Pt-Br
Download Gratis God of War 1 PS2 Legendado Pt-Br

Parte 01
Parte 02
Parte 03
Parte 04
Parte 05
Parte 06

Valkyrie Profile 2: Silmeria - The Olther´s World [PS2]


Dados do jogo:
Nome: Valkyrie Profile 2: Silmeria
Estilo: RPG
Fabricante: Square Enix
Sistema Operacional: PS2
Ano de Lançamento: 2006
Tamanho: 3 Gb
Agradecimento pelo link:   DarkWatch
Descrição:
O primeiro Valkyrie Profile, lançado originalmente para o PSOne em 1999, foi um dos RPGs japoneses mais inventivos de todos os tempos. Talvez por isso, não tenha tido um sucesso comercial imediato - e, ainda por cima, a produtora tri-Ace ainda era uma novata, com apenas dois ;StarOcean no currículo -, mas com a propaganda boca-a-boca, o título ganhou status de cult.
Agora, seis anos depois, chega a continuação, que definitivamente carrega o DNA do antecessor e da produtora, mas muitos dos experimentalismos do primeiro game deram lugar a sistemas mais tradicionais. Mas mesmo assim, o novo  Valkyrie Profile 2 ainda está há vários quilômetros de distância do lugar-comum, e ainda refinou muitos dos aspectos que soavam desconexos na edição anterior.
Menos ousado, mas mais bem acabado
Valkyrie Profile 2: Silmeria  pode ser menos corajoso que o primeiro jogo, mas compensou isso com uma qualidade excepcional e, acima de tudo, com explorações e, principalmente, batalhas altamente compensadoras. Nesse quesito, a produtora tri-Ace melhora a cada game. Destaca-se também a belíssima produção, que só poderia numa época assim, em que o potencial do PlayStation 2 foi amplamente explorado, e, de certa forma, o resultado causa mais espanto que consoles de nova geração. É um RPG recomendado para todos que, no mínimo, se interessam pelo gênero.
Baixar Gratis Valkyrie Profile 2: Silmeria UNDUB - The Olther´s World [PS2]
Download Gratis Valkyrie Profile 2: Silmeria UNDUB - The Olther´s World [PS2]

Megaupload P#1
Megaupload P#2
Megaupload P#3
Megaupload P#4

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Age of Empires III 2 Expansions Cracks amp amp Serials290080196213 628


Com Age of Empires III os jogadores alcançam um nível superior de realismo, graças a detalhes visuais incomparáveis e uma física de batalha muito avançada. A nova versão continua onde terminou Age of Empires II: Age of Kings, colocando os jogadores na pele de um poder europeu decidido a explorar, colonizar e conquistar o Novo Mundo...

Essa época vem acompanhada de cenas impressionantes, desde o levantamento das catedrais européias até as valentes tribos de nativos americanos e lutas espetaculares com unidades da Era Industrial como rifles de infantaria, cavalaria e embarcações impressionantes cheias de canhões.

Este jogo marca novos padrões em qualidade visual e capacidade de surpreender os jogadores com um nível de detalhe nunca antes visto nesse gênero. Aliás, Age of Empires III vai emocionar os jogadores de estratégia com elementos de jogo novos incluindo o conceito de "cidade natal", civilizações, unidades e tecnologias novas e campanhas de jogador individual que englobam três gerações.

Torrent Download

  • Title: Age of Empires III + 2 Expansions + Cracks & Serials
  • Category: GAMES PC
  • Peers: 434 seeder(s) and 546 leecher(s). Completed 1219 time(s).
  • Health: 36%
  • Size: 2.8 GB

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Apostila Adobe Premiere


Saiba como criar e editar vídeos profissionais com esse curso de Adobe Prem iere.
Tamanho: 4,6 Mb
Senha: cursosfree.blogspot.com
Faça o download aqui.

gabarito ENEM 2009


O Enem é um dos melhores meios de se entrar na faculdade. Melhores e mais fáceis. Eu por exemplo entrei na faculdade há 4 anos e meio atrás graças ao ENEM e o Prouni. Ainda consegui bolsa de 50% para o curso todo.
Assim que acaba a prova muita gente vai pra casa procurar o gabarito do Enem 2009 na internet.

Download gabarito ENEM 2009

Download Free

O futuro da TV por assinatura

Saiba quais são as novidades que as TVs pagas estão preparando para o futuro dos seus assinantes.

As emissoras de TV por assinatura surgiram no Brasil no início da década de 90. De lá para cá foram muitas mudanças e desafios que o setor enfrentou até encontrar a sua consolidação. Do modelo inicial muita coisa ainda permanece, mas a cada dia surgem novos serviços e complementos transformando as emissoras em verdadeiras centrais de entretenimento.

Sempre de olho nas novidades e tendências do setor tecnológico, o Portal Baixaki foi pesquisar quais são as tendências do segmento para os próximos anos – e quais são as funções complementares que devem surgir na sua telinha muito em breve, se já não fazem parte do seu dia a dia.

TV paga no Brasil

Em 2010, a chegada das TVs por assinatura no Brasil completa 20 anos. Desde julho de 1990, quando à época no governo de Fernando Collor de Mello foram liberadas as primeiras concessões no Brasil até os dias de hoje, a TV por assinatura não conseguiu se tornar um fenômeno popular como outros veículos e mídias.

Segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), órgão que regula o setor no país, o número de assinantes de TV a cabo é de 6,6 milhões. Desse número 62,2% utilizam a tecnologia convencional de transmissão a cabo; 32,62% utilizam DTH (satélite); 4,41% utilizam MMDS (micro-ondas); e apenas 0,01% assinam TVAs (UHF).

TV 
por assinatura tem quase 7 milhões de assinantes no país

O valor representa pouco mais de 7% dos domicílios brasileiros. Países vizinhos, como a Argentina e o Paraguai, chegam a contemplar 56% e 20% das residências com TV por assinatura, respectivamente. No entanto, embora pequenos, os números têm apresentado um crescimento ao longo dos anos e a expectativa das empresas do setor é que continuem subindo.

Transmissão HD – novas possibilidades

Estima-se que hoje no Brasil já existam cerca de 100 mil assinantes de pacotes HD de transmissão de TV. O otimismo do setor cresce com o aumento das vendas de televisores Full HD e com a chegada da Copa do Mundo em 2010 – período em que habitualmente as vendas de aparelhos de TV aumentam no país.

Com o aumento potencial de público – em geral de classes mais altas – cresce também o número de serviços complementares e, por que não dizer, personalizados para cada tipo de consumidor. Conheça algumas das novidades em termos de produtos e serviços.

Vídeo Calibragem

Graças a uma parceria com a THX, empresa de George Lucas referência mundial no desenvolvimento de tecnologias para a indústria cinematográfica, a Sky oferta desde o mês de agosto em São Paulo um serviço de calibragem de vídeo.

Pagando uma pequena taxa, o assinante recebe em sua casa a visita de um técnico especializado que irá ajustar, com instrumentos específicos, a imagem do aparelho de TV de acordo com as características do ambiente. A ideia é que o usuário possa desfrutar de qualidade máxima de imagem a partir da configuração personalizada de sete itens: brilho, contraste, nitidez, cor, matiz, backlight (luz de fundo) e RGB (níveis de vermelho, azul e verde).

Qualidade de imagem é aposta das operadoras

Os padrões seguidos pelos técnicos são os mesmos adotados pela Society of Motion Pictures and Television Engineers, responsável pela normatização de um padrão de qualidade internacional.

“Acreditamos que o serviço de Vídeo Calibragem Sky será atrativo para toda a base de clientes do serviço HD uma vez que oferece benefícios tangíveis como melhoria na experiência de assistir à TV, na extensão da vida útil do aparelho e na economia de energia (um televisor de LCD que recebe a Vídeo Calibragem reduz em média 30% o seu consumo de energia, o que representa R$ 80,00 por ano de economia). Além disso, a calibragem proporciona maior conforto visual. O telespectador terá a melhor experiência visual que a sua TV pode proporcionar e verá as imagens exatamente como foram criadas em estúdio”, diz Eduardo Belham, diretor de inovações da Sky e responsável pela implantação do serviço no país.

Receptor para TV Aberta Local Digital

Outra novidade é o “Sky HD de canais abertos”, receptor que permite ao assinante sintonizar localmente os sinais da TV Aberta digital. O aparelho é acoplado ao atual receptor da operadora por meio de uma entrada USB.

Para ter acesso ao novo serviço, é preciso pagar uma taxa mensal extra ou, caso o assinante prefira, adquirir o aparelho. Os benefícios deste sistema já podem ser usufruídos por moradores de 18 cidades brasileiras: São Paulo, Campinas, São José do Rio Preto, Santos, Salvador, Fortaleza, Vitória, Teresina, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Rio de Janeiro, Uberlândia, Belo Horizonte, Cuiabá, Campo Grande, Goiânia e Brasília.

Conexão direta para HDs Externos

A TVA, ausente do mercado HD, planeja sua volta ao segmento para 2010, trazendo também algumas novidades. Uma delas é um novo decoder de alta definição com suporte e conexão direta para HDs externos. O acessório permitirá ao usuário armazenar seus programas favoritos no HD e transportá-los para assistir em qualquer outro lugar.

A mesma solução já vem sendo ventilada pela NET que estuda alguma forma de conexão do seu decoder, o HD Max, com HDs externos. No entanto ainda não há uma data definida para implantação de um sistema do gênero.

Media Center via controle remoto

Em agosto deste ano foi realizada em São Paulo mais uma edição da ABTA 09, principal evento do setor no país. Entre diversas novidades que chamaram atenção do público, uma delas foi um painel touchscreen que se comunica via WiFi com o computador.

Controle total de programação ao seu alcance

Além de funções como reprodução de áudio, vídeo e imagens, a tela portátil permitirá o usuário acessar a web e escolher suas opções de programação pelo dispositivo, transformando-o em uma espécie de controle remoto com media center para os assinantes da empresa. O produto será colocado em fase de testes pela Net até o final desse ano em São Paulo.

Qualidade e interatividade

Como você pôde perceber pelas novidades anunciadas, qualidade de imagem e comodidade para o espectador parecem ser as duas maiores tendências e apostas das operadoras brasileiras para os próximos anos. Mais do que ganhar novos assinantes – missão que obviamente nunca será deixada de lado – a ideia é agregar valor com novos serviços e produtos para os usuários que já dispõem do serviço.

No entanto, assim como a popularização do formato blu-ray e da TV digital, muitas dessas inovações ainda esbarram no fato de a maioria dos espectadores não terem aparelho de TV Full HD. A tendência é que, já a partir deste ano, ocorra um aumento significativo nas vendas desses aparelhos e, com isso, haja uma queda no custo unitário dos produtos, acelerando a sua popularização.

Memória Spintrônica

Quando os elétrons deixam de ser percebidos apenas como carga elétrica, avanços significativos são possíveis na tecnologia de armazenagem e acesso a dados.
Quanto tempo leva para seu computador inicializar? Desde o momento em que você aperta o botão da energia até o seu sistema estar completamente funcional, provavelmente alguns minutos são "perdidos" olhando para a tela sem fazer nada, não é mesmo?
Imagine agora como seria apertar esse mesmo botão liga/desliga e instantaneamente seu computador voltar à ativa. Melhor ainda, não só o sistema boota na hora, como o programa que você estava usando quando o desligou retorna ao mesmo tempo, com o documento em que trabalhava já aberto, no exato ponto onde você parou. Parece bom, concorda?
Liga/desligaPois é isso que a memória spintrônica (contração de spin – rotação – e eletrônica) pretende trazer à informática. Através de uma maneira diferente de armazenar a informação - usando características próprias dos elétrons ao invés do campo magnético formado por eles - os componentes spintrônicos prometem velocidade e confiabilidade nunca antes vistas.

Como é hoje
Quando se fala em memória de computadores, imediatamente a sigla RAM (Random Access Memory – memória de acesso aleatório) vem à mente. Entre os tipos de memória RAM, dois são os essenciais: DRAM (Dynamic random access memory – memória dinâmica de acesso aleatório) e SRAM (Static random access memory – memória estática de acesso aleatório).
A memória DRAM é barata, de grande capacidade e baixo consumo energético, porém exige a reposição frequente de cargas para que a informação não se perca. A SRAM é estruturalmente mais complexa – e portanto mais cara – mas oferece velocidade de leitura superior e – enquanto mantida a alimentação – independe de reposição de cargas.
Placa-mãe
No seu computador você encontra os dois tipos de memória. Os caches L1 e L2 da sua placa-mãe são compostos por elementos de memória SRAM, enquanto a DRAM é usada nos pentes de memória.
Elétrons por toda parte
É aqui que a spintrônica aparece como grande inovação. Independente da estrutura e de seu uso, tanto a memória DRAM quanto a SRAM , citadas acima, utilizam a existência ou não de elétrons – ou carga elétrica – como ponto de partida para a definição binária: os famosos 0 e 1 da eletrônica.
A combinação de espaços 0 (sem carga) e 1 (carregados) gera sequências que, depois de processadas, são interpretadas como textos, imagens, vídeos e sons. Já a memória spintrônica – também chamada de MRAM (Magnetic random access memory – memória magnética de acesso aleatório) – interpreta o 0 e o 1 binários a partir da direção de rotação do elétron.
Para entender melhor o que é isso, é preciso voltar à química do ensino médio. Os elétrons são parte dos átomos que compõem tudo que existe no universo perceptível. São dotados de massa, carga elétrica e spin. Massa e carga são grandezas facilmente compreendidas, uma vez que são comumente observadas no dia a dia, enquanto esse tal de spin pode dar um nó na cabeça de muita gente.
Modelo planetário do átomo Mesmo assim, a compreensão disso pode ser simplificada. Se o átomo “tem cara” de sistema solar, uma analogia planetária pode servir para exemplificar o spin de um elétron. Pensando no núcleo como a estrela do sistema e os elétrons como planetas, é fácil imaginar que alguns desses planetas girem da esquerda para a direita enquanto outros seguiriam a rotação contrária, certo?
Pois essas duas direções de rotação dos elétrons – mesmo quando fora do “sistema solar” do átomo – são chamadas spin. Por convenção, chama-se a rotação da esquerda para a direita de positiva, e sua contraparte de negativa.
Serviço magnético
Entendido o spin, lembra-se de que foi dito que a MRAM interpreta 0 e 1 a partir da direção de rotação do elétron? Seu professor de física deve ter ensinado que toda carga elétrica gera campos magnéticos.
Disso pode-se inferir que memórias comuns – SRAM e DRAM – atuam interpretando a existência ou ausência de campo magnético (aliás, isso também vale para fitas magnéticas e discos rígidos), certo?
Porém os sensores utilizados nos elementos de um computador têm uma sensibilidade limitada pelo seu tamanho reduzido. Isso significa que o campo magnético gerado por essas cargas deve ter uma força mínima para serem interpretados, e essa carga só pode ser gerada por certa quantidade de elétrons.
Como elétrons possuem massa – mesmo que ela seja infinitamente pequena, como seu professor de química devia repetir milhares de vezes durante as aulas – eles também ocupam espaço.
Para juntar quantidades de elétrons suficientes para formar o campo magnético, o espaço destinado a eles na superfície do chip ou do disco tem que ser suficiente para acomodá-los corretamente.
HD
Já os sensores capazes de diferenciar um campo de spin positivo do campo de spin negativo são muito mais sensíveis, o que permite posições de alocação muito menores. É assim que discos rígidos de 1 TB são vendidos nos mesmos tamanhos físicos que os HDs de 64 MB dos anos 90, por exemplo.
Amazon KindleDeixando ainda mais claro: pense em uma tela e-Ink, como a do Kindle. Nela existem pequenas esferas com um lado branco e outro preto. Ao fazer passar corrente pela grade onde essas bolinhas estão distribuídas, algumas giram deixando o lado branco para cima, enquanto outras o fazem mostrando o lado escuro, formando então a página de texto.
Os dispositivos spintrônicos funcionam de maneira bastante semelhante. Ao gravar dados em um HD que se utiliza da tecnologia, por exemplo, você faz com que algusn elétrons girem para a direita (1) enquanto outros passam a girar para a esquerda (0), dessa forma constituindo a informação binária necessária para a interpretação pelo computador.
Criando spintrônicos
A ciência por trás da maneira de funcionamento e construção dos dispositivos spintrônicos é bastante complexa – muito mais do que o espaço aqui permitiria pesquisar – mas mesmo assim o Baixaki, em seu compromisso com a informação, vai tentar desenvolver a ideia de maneira simplificada.
De maneira geral, dois tipos de aparelhos spintrônicos são utilizados na produção de componentes para PCs.
Aparelhos metálicos
O primeiro tipo é o mais simples dos dois, uma vez que se baseia inteiramente em metais ferromagnéticos e é também o mais desenvolvido tecnologicamente. Nestes aparelhos, duas camadas de metais – como o cobalto ou o próprio ferro – são colocadas lado a lado, com uma camada de separação entre elas.
Esse dispositivo é chamado GMR (Giant magnetoresistance – resistência magnética gigante), e seu funcionamento depende do alinhamento das rotações de cada camada metálica. Quando ambas as placas metálicas têm suas orientações magnéticas alinhadas, a resistência elétrica do componente será menor, sendo o inverso verdade quando a orientação magnética de uma camada for oposta à da outra. O GMR é um sensor de campos magnéticos bastante preciso, e responsável pela possibilidade de miniaturização dos espaços de alocação citados anteriormente.
Miniaturização de espaços de alocação
Variações sobre o GMR existem, e cumprem diferentes funções. Entre as mais notáveis estão o TMR (Tunnel Magnetoresistance – resistência magnética em túnel) usado – assim como o GMR – para aumentar a sensibilidade de cabeças de leitura de dados em discos rígidos e o STT (Spin Torque Transfer – transferência de momento de rotação) utilizado na criação da MRAM.
Através de junções de túneis magnéticos (Magnetic Tunnel JunctionsMTJs), a Motorola desenvolveu um pente de memória com tempo de leitura de 50 nanossegundos. Essa primeira geração da tecnologia dispunha de apenas 256 KB, porém versões de 4 MB já foram desenvolvidas.
Só que os MTJs não são o ápice da tecnologia MRAM. O STT, por exemplo, é base da pesquisa desenvolvida pela IBM, assim como a Racetrack memory, que codifica informação através da direção de magnetização de paredes separadas de um único filamento metálico.
Ao mesmo tempo, diversas empresas estudam também designs baseados em TAS (Thermal Assisted Switching – ligamento assistido por temperatura), em que camadas de materiais diferentes selecionam o momento de leitura e gravação de dados.
Persistência da memória
PendrivePara todos os efeitos, a não volatilidade dos dados armazenados em MRAM é muito semelhante à guarda de dados em memória flash – usada em pendrives, cartões de memória e SSDs (Solid State Drivesdiscos de estado sólido). O principal diferencial, entretanto, é a velocidade de leitura dos dados em um chip MRAM, muito superior à encontrada em chips de memória flash.
Semicondutores
Ainda bastante teóricos, os aparelhos spintrônicos baseados em semicondutores independem de campos magnéticos para seu funcionamento – ainda que os dados sejam lidos e gravados dessa forma.
Como semicondutores – e em especial para a eletrônica o silício – não interagem normalmente com o magnetismo derivado da rotação do elétron, muito do que se diz a respeito de dispositivos spintrônicos baseados nesse tipo de material ainda é teórico, porém algumas técnicas já foram desenvolvidas para permitir a utilização desse tipo de aparelhagem.
Polarização ótica, eletroluminescência e até mesmo colocação balística – sim, atirar um elétron sobre uma placa de silício – são formas de produzir a interação entre semicondutor e spin necessária para o funcionamento do dispositivo.
Entre os modelos propostos para esta tecnologia, destacam-se os transistores como os MOSFET (metal-oxide-semiconductor field-effect transistor – transistor semicondutor metal-óxido de efeito de campo).
Esse tipo de aparelho é utilizado para permitir ou negar a passagem de corrente – e em consequência, de dados – entre partes de um mesmo circuito eletrônico. Ao baseá-los em spin ao invés de carga elétrica, o consumo energético e o espaço de placa ocupado pelo dispositivo seriam bastante reduzidos, e ainda assim haveria um ganho significativo de velocidade de resposta.
No mercado
Dispositivos portáteisEquipamentos spintrônicos – sejam baseados em metais – ou – semicondutores têm aplicação principalmente em dispositivos móveis, como celulares e notebooks, devido ao menor consumo energético e proporções reduzidas quando comparados com suas contrapartes puramente eletrônicas.
Disponíveis no mercado desde 2005, os derivados da tecnologia spintrônica ainda não conseguir desbancar HDs e memória flash como alguns analistas imaginavam que aconteceria. Com os avanços contínuos nos processos de fabricação e também na sua utilização, entretanto, a spintrônica começa a participar mais ativamente do mercado, e quem sabe um dia você também poderá ligar seu computador e instantaneamente recomeçar a trabalhar a partir do ponto em que desligou a máquina na noite anterior.
Também dessa tecnologia surgem bases materiais - e funcionais - para a surpreendente computação quântica

video games de nova geração

Se você planeja comprar um Playstation 3, Wii ou Xbox 360 e não sabe qual televisão, cabo ou sistema de som é o melhor, não esquente, pois nós ensinamos tudo o que você precisa saber para escolher bem!
Quem vivenciou as gerações de vídeo games anteriores à era 32-bits deve se recordar de como era fácil instalá-los e sair rindo com os jogos. Só era necessário ligar o cabo de alimentação (que muitas vezes já vinha soldado ao aparelho) na tomada e um cabo coaxial direto na entrada de antena da televisão. O maior dos problemas de imagem se resolvia através de uma rápida sintonização do canal da televisão.

Na era do PlayStation começamos a ver os vídeo games querendo dar os primeiros passos em novas direções, com o aparelho servindo também para rodar CDs de música. Uma geração depois, os Xbox e os PlayStation 2 rodavam também DVDs de filmes e ofereciam suporte à internet, por meio de acessórios que já davam os primeiros nós na cabeça dos novatos no assunto.
Hoje, o consumidor que parte em busca de um vídeo game de nova geração (seja ele PlayStation 3, Xbox 360 ou Nintendo Wii), deve também se preparar para muitos problemas e etapas pela frente. São requeridos cabos especiais, televisões de capacidade mais alta e uma série de outros acessórios para que o máximo de diversão e qualidade possa ser extraído de cada um deles.
Todos os consoles da nova geração!
Vídeo componente, HDMI, HDTV, Home Theater.... São tantos termos que praticamente ninguém escapa da confusão. Se você pretende comprar um dos novos consoles que estão no mercado e tem dúvidas a respeito do que mais é preciso, fique atento, pois abaixo mostraremos todos os detalhes, seguidos de sugestões de televisões, cabos e acessórios. Fique ligado!

LCD, Plasma ou LED?!?
Escolhendo a televisão correta para o seu vídeogame e para o seu bolso
Finalmente as CRTs (as televisões antigas com os grandes tubos de imagem na parte de trás) estão saindo do mercado, fazendo com que cada vez mais televisões de alta definição ocupem as prateleiras, com preços consequentemente menores. O problema é que são tantos modelos e tecnologias que o comprador pode ficar confuso.
A primeira coisa a ser levada em conta na compra de uma televisão de alta definição é o tipo de tela. Atualmente, as tecnologias mais comuns são Plasma e LCD, com as televisões LED (leia nosso artigo sobre o tema) aparecendo com força em anúncios. Todas elas são mais do que capazes de exibirem seus jogos, mas cada uma possui suas próprias vantagens e desvantagens. Confira!
Plasma
Em primeiro lugar, temos as telas do tipo Plasma. A sua primeira reação ao ler este nome pode ser de rejeição, já que muito se falou a respeito da “queima” e de “problemas” que existiram com os primeiros modelos. O que ocorria era a queima do fósforo (responsável pela construção da imagem) em alguns pontos da tela quando um pixel ficava estático por muito tempo. Entretanto, os novos modelos que estão no mercado já possuem muitas tecnologias de prevenção deste problema.
Entre as vantagens das telas de tipo Plasma estão taxas de contraste muito mais elevadas do que as encontradas nas telas LCD, o que se traduz em uma qualidade de imagem bem superior (pense em cores mais vivas e áreas escuras mais próximas de um preto real). Quem pretende assistir aos conteúdos SD (definição padrão) também não se deparará com uma distorção tão grande quanto a causada pela tecnologia alternativa.
Pioneer Kuro
Pioneer Kuro, uma das melhores em imagem
E já que o assunto é “vídeo games”, saiba que as telas de Plasma possuem os menores tempos de resposta do mercado (nós explicaremos este termo mais abaixo) quando rodam em resoluções nativas.
Mas nem tudo é perfeito:
•    O peso é maior devido à utilização de vidro para a contenção dos gases nobres.
•    Não existem muitos modelos comerciais na faixa de 32 polegadas (ou menores).
•    Reparos na tela são mais caros do que em outras televisões.
•    A resolução para alguns modelos não possui 1280 linhas verticais.
•    As telas tendem a consumir mais energia.
Além disso, o usuário que tentar rodar jogos fora da resolução nativa do aparelho (caso do Wii) se deparará também com um ligeiro atraso entre os seus movimentos e a imagem que é mostrada. Isso ocorre porque o conversor interno não consegue ser rápido o suficiente para processar o aumento da resolução na saída. Vale mencionar que alguns modelos compensam o problema com um modo dedicado exclusivamente para jogos.
LCD
A segunda mostrada neste artigo, e também a mais popular delas, é a tecnologia LCD (display de cristal líquido), que já ocupa desde os pequenos portáteis que estão no mercado — como celulares e MP3 players — até televisões de mais de 50 polegadas e está em constante evolução.
Entre as suas principais vantagens para os consumidores estão: durabilidade, preços e pesos baixos, economia de espaço (telas são muito finas), menor cansaço visual, consumo de energia reduzido e ausência de emissão de radiação nociva (para alguns modelos).
Agora, se você pensa em assistir ao seu canal aberto em qualidade padrão, prepare-se para uma enxurrada de artefatos e distorções na tela, uma vez que a tecnologia não responde bem nestes casos. Outros problemas dos LCDs incluem efeitos de arrasto (novamente, quando a televisão não possui o tempo de resposta adequado, fato que será explicado abaixo), inconsistência das cores de acordo com o ângulo vertical da tela e também o efeito de persistência.
Para quem não sabe, o efeito de persistência é similar ao problema de “burn-in” das telas de Plasma, fazendo com que um pixel fique preso em seu estado quando exposto a ele por muito tempo. A diferença consiste no fato da persistência ser geralmente de caráter temporário, retornando ao estado normal algum tempo depois.
LED TVs
A novata no campo de batalha é também a que mais chama a atenção dos consumidores: a LED TV. Na realidade, ela é uma tela de LCD, tendo como diferencial o sistema de iluminação (backlight), composto por LEDs. Em termos tão simples a mudança pode parecer boba, mas acredite, o resultado é fenomenal.
LED TVs, o futuro?
Este método de iluminação permite um espectro de cores bem maior, com níveis de preto e de brilho muito mais elevados dos que os encontrados nas televisões concorrentes (chegando a 3.000.000:1 contra cerca de 50.000:1). A tela também se torna mais fina, com modelos beirando a marca de uma polegada de espessura. E por fim, elas chegam a consumir até 40% menos energia do que as demais.
Até aqui, a descrição é a de uma televisão dos sonhos, mas saiba que a alegria acaba logo para quem não tem dinheiro: as versões de 42 polegadas muitas vezes ultrapassam a marca dos seis mil reais!

De olho nas especificações
Confira como saber se o resto está de acordo com suas necessidades
Resolução de tela – HDTV e Full HD
Agora que você já conhece as vantagens e desvantagens de cada uma das tecnologias, é hora de entender um pouco mais sobre os termos HDTV, Full HD e sobre as diferentes resoluções de tela. Assim como um monitor de computador, as telas digitais são compostas de diversos pixels (pontos luminosos) que juntos formam a imagem. Quanto mais deles ocuparem a tela, mais detalhes você terá em um dado espaço. É justamente aí que entram os termos HDTV Ready, HDTV e Full HD.
Alta definição? Sim, obrigado!
HDTV Ready é mais uma sigla comercial que implica no fato do equipamento estar apto a receber sinal de alta definição e processá-lo adequadamente. Já HDTV denota que a televisão é capaz de exibir um mínimo de 1024x720 pixels, resolução chamada de 720p (embora o formato mais comum seja 1280x1024), levando em conta as linhas verticais.
Full HD, por sua vez, é o termo designado às televisões capazes de mostrar imagens com 1080 linhas progressivas de resolução, (1080p, ou 1920x1080 pixels de resolução). Multiplique os valores da resolução de 720p e depois os valores para 1080p: você perceberá que o número de pixels para o último é assustadoramente maior. Para ter uma noção melhor do que cada uma delas representa, confira a imagem abaixo:
Imagem retirada da Wikipedia
Imagem retirada da Wikipedia
Mas a pergunta que não quer calar é: os 1080p valem o investimento e o salto no preço? A resposta, é claro, depende do que você quer da televisão, da finalidade para a qual ela será utilizada e também do seu tamanho.
Levando em conta em primeiro lugar o console da Microsoft, você tem praticamente todos os jogos projetados para 720p, mas a grande vantagem dele é um chip interno, capaz de redimensionar a imagem para qualquer formato de saída. Isso significa que sua televisão poderia operar o tempo todo a 1080p. Aqueles que tiverem contas online também podem apreciar vídeos de alta definição através dos novos serviços da rede Live.
O PlayStation 3 também oferece muito conteúdo em 1080p, com jogos como WipEout HD Fury, Gran Turismo 5 Prologue, Ridge Racer 7, Super Stardust HD e Blast Factor rodando nativamente na resolução. Na loja também existem muitos vídeos para download, todos de alta qualidade.
WipEout HD
E mais um detalhe: o aparelho é capaz de ler e reproduzir filmes em Blu-ray, portanto a tela de 1080p será muito bem aproveitada por ele!
Infelizmente, o Nintendo Wii é projetado para resoluções sub-HD, isto é, abaixo de 1280x720 linhas. Isso significa que não haverá nenhum ganho de qualidade nem com o aumento da capacidade da imagem (1080p) e nem com o tamanho da tela. Prefira uma tela de tamanho médio, com boas taxas de atualização e níveis de contraste. E se escolher Plasma, certifique-se de que ela possui um modo para jogos, para contornar o problema do atraso na imagem.
Tempo de resposta
Uma característica muito importante dos jogos é a constante movimentação da câmera e dos objetos que compõem o cenário, algumas vezes quase imperceptíveis para os nossos olhos. Desta forma, é absolutamente necessário que a tela consiga acompanhar e mostrar todas estas etapas de transição, justamente para que você tenha todos os detalhes da ação. E é aí que entra um dado vital na escolha da sua televisão: o tempo de resposta, principalmente para as telas LCD.
Geralmente medido em milissegundos (ms), ele determina o quão rápido um pixel pode alterar o seu estado em termos de cor ou de brilho. O pior de tudo é que com um televisor de baixa resposta você não estará sendo afetado somente pela perda de detalhes. Há também outro problema, comumente chamado de ghosting (ou arrasto), que causa a impressão de que o conteúdo da tela está deixando um “borrão” para trás ao se mover.
Para jogos, o recomendado é de um máximo de 16 ms, com o ideal ficando na faixa de 4 ms a 8 ms.
Níveis de contraste e níveis de brilho
Agora que você já está livre dos problemas na imagem, o passo final é definir qual das televisões à sua disposição oferece as melhores taxas de contraste e de brilho. As taxas de contraste indicam os níveis totais de passagem entre o preto e o branco para um pixel da televisão.
Quanto mais alto o valor, mais nítida será a imagem, com cores mais próximas das reais (a exemplo do próprio preto, que se aproximaria mais da ausência total de luz, ao contrário dos tons acinzentados mostrados por algumas telas mais antigas). Entretanto, aqui surge a controvérsia dos métodos de medição, entre estático e dinâmico. A situação é similar à da medição entre Watts RMS e PMPO, mas a padronização cedeu à especificação dinâmica.
Simulação entre pouco contraste e alto contraste
Sendo assim, para jogos, busque televisões com taxas acima da faixa de 20.000:1.
Já a taxa de brilho, medida em candelas, é responsável por medir a quantia de luz que a tela pode emitir. A maior parte das telas que está no mercado já é mais do que capaz de suprir a necessidade de uma boa imagem, com algumas delas vindo reguladas até com brilho em excesso. Logo, esta é uma característica para a qual você deve ficar de olho, mas não esquentar demais a cabeça.

Distância correta
Vendo com todos os detalhes, sem cansar os olhos
E para encerrarmos os detalhes que devem ser levados em consideração na hora de comprar a televisão para seus games, vamos às tabelas de distâncias mínimas que devem ser adotadas de acordo com cada resolução e tamanhos de tela:
A 720p de resolução
Tabela 1

A 1080p de resolução
Tabela 2
Para aqueles que querem comprar o Wii, a Nintendo recomenda no manual de instruções uma distância máxima de cinco metros entre o sensor e o jogador, justamente para que os movimentos possam ser recebidos e interpretados adequadamente.

Sugestões de Televisões
Abaixo você confere alguns dos modelos mais vendidos do mercado, seguidos das especificações, fabricante, tamanho, tecnologia e tamanho da tela (medido sempre em polegadas):
TV LCD
TV PLASMA
TV LED

Cabos de imagem e de áudio
De nada adianta uma televisão adequada sem a conexão correta e capaz
Se você costumava ligar o vídeo game na televisão por meio dos cabos tipo áudio/vídeo (RCA composto) ou coaxial, prepare-se, pois existe uma série de novos padrões que proporcionarão a você uma qualidade de imagem muito superior. Para esta seção, separamos os cabos primeiramente de acordo com tipo (seguidos de uma breve explicação) e depois os organizamos dentro da seção de cada um dos consoles, uma vez que cada um deles oferece suporte para tipos diferentes.
Cabo de vídeo composto (AV)
Este é um dos cabos mais utilizados na ligação entre um dispositivo qualquer e a televisão, sendo o fio com ponta amarela o responsável pela informação de imagem e os outros dois (branco e vermelho) pelo envio do sinal de áudio.
O seu custo é baixo, mas a capacidade também! Ele não suporta a transmissão de informações em resoluções acima de 480i. Isso significa que com ele você não aproveitará ao máximo nenhum de seus consoles.
Composto
Cabo de vídeo componente
O formato externo do cabo de vídeo componente é praticamente igual ao do vídeo composto. A diferença para os olhos reside nas cores das pontas e no número delas. Mas para que tantos cabos? Simples: se o cabo de vídeo composto misturava os sinais e causava a perda de qualidade de imagem, o cabo de vídeo componente os deixa separados em dois ou mais canais, minimizando a interferência e mantendo a informação mais pura.
Vídeo componente
O resultado desta aplicação é a presença de três pontas separadas (verde, azul e vermelha) dedicadas especialmente à transmissão do sinal de imagem. Isso possibilita a obtenção de resoluções de até 1080 linhas progressivas, ideais para conteúdos de alta definição e resoluções padrão (480p).
Como os três fios são ocupados com imagem, passa a ser necessário mais dois para as informações de áudio. Neste caso, são mantidas as cores vermelha e branca.
Cabo HDMI
Os dois cabos anteriores transmitem sinais analógicos. Embora o componente faça um bom trabalho, ainda há uma ligeira perda na qualidade e também a necessidade de reconversão para o formato digital. Temos então o HDMI (High-Definition Multimedia Interface), um novo cabo capaz de receber e enviar o sinal em estado digital e sem qualquer compressão, com o máximo de qualidade possível.
hdmi
Agora que você já conhece cada um deles, vamos aos consoles e aos cabos que cada um deles traz direto de fábrica ou que suporta.

Tabela de cabos

PlayStation 3
O console é projetado para conteúdos Full HD, tem saída HDMI, mas comete o pecado de vir empacotado com um mero cabo composto. Isso significa que você terá que comprar outro cabo se quiser ver a imagem “real” e em resoluções acima de 480i. Dê preferência ao HDMI, que pode ser configurado inclusive com relação ao nível de branco e ao espectro de cores.
Wii
O vídeo game da Nintendo é outro dos concorrentes que vem de fábrica com cabos de vídeo composto, o que limita um pouco o aproveitamento de suas qualidades. Para ligá-lo em uma HDTV, coloque um cabo específico de vídeo componente na sua lista de compras.
Como não há necessidade para alta definição, o console não oferece saída de vídeo HDMI.
Xbox 360
Ele é vendido atualmente em três pacotes separados. O Arcade (mais básico) acompanha somente cabos de vídeo composto. O Pro já inclui cabos híbridos, com função selecionável entre componente e composto. Por fim, a versão Elite — a mais cara e completa de todas — acompanha um cabo HDMI 1.2.
É importante mencionarmos que todas as versões atuais do console incluem saídas HDMI, entretanto, alguns dos modelos anteriores ao ano de 2008 possuíam apenas saídas de vídeo componente/composto.

Som de ponta
Configurações e conexões entre Home Theater e vídeo game
Se você quer ter a melhor imagem possível, a probabilidade do seu desejo se estender para o áudio é grande, portanto nada melhor que um conjunto de caixas 5.1 ou ainda que um Home-Theater. A primeira coisa a ser levada em consideração para a compra do equipamento é se ele tem capacidade para receber o áudio de fontes externas (o chamado modo receiver), de modo que você possa conectar o cabo do console na entrada do aparelho.
PlayStation 3
No PlayStation 3, como a saída de áudio e de vídeo são configuráveis, você pode optar por muitos esquemas de conexão. O primeiro deles é pelo cabo composto, que já está incluso na caixa. O segundo é ligar os cabos remanescentes do vídeo componente, por exemplo, separadamente no aparelho.
E para aqueles que desejam ligar por HDMI, é uma boa ideia pesquisar um modelo que possua tanto entrada quanto saída, para que o sinal possa ser recebido pelo Home-Theater e repassado para a televisão com a máxima fidelidade. Há ainda mais um detalhe do console: ele possui uma saída ótica digital independente, capaz de carregar o som com máxima qualidade. Ligar o HDMI na televisão e o cabo especial no Home é uma das melhores opções, mantendo o padrão 5.1 ou 7.1.
Exemplos
Exemplos de dispositivos da LG
Xbox 360
Com este console as suas opções são praticamente as mesmas citadas para o PlayStation 3, exceto pela configuração independente entre áudio e vídeo e pela ausência da saída ótica digital. As melhores opções são estender os conectores do cabo componente ou optar por um set que tenha tanto entrada quanto saída HDMI (desde que o seu Xbox tenha a porta).
Wii
Ao contrário dos consoles da Sony e da Microsoft, para quem optar pelo Wii a ideia de um Home Theater com tocador de DVD acoplado pode ser um bom negócio, já que o console não traz essa funcionalidade de fábrica (é necessário apelar ou para um acessório especial ou para HomeBrew e destrava do console).
O melhor método para a conexão no Home-Theater ou no Receiver é novamente a extensão do cabo de vídeo componente, de modo que ele não passe pela televisão.

Conectado com o mundo
Ligando o seu console na rede online
Outro componente importante da geração atual de vídeo games é a rede online, oferecida pelas três companhias (Microsoft, Nintendo e Sony), ainda que em extensões diferentes. Novamente, cada console possui uma forma específica de se conectar. E é claro que para manter um bom desempenho é sempre recomendada uma conexão banda larga.
Se você deseja compartilhar a conexão com o computador, também é essencial a presença de um roteador ou ainda um PC com duas portas de rede. Ressaltamos que para este último método citado seria necessário deixar o computador ligado a todo instante em que a rede fosse solicitada em outros dispositivos.
Abaixo você confere exatamente o que cada console oferece e também como cada um deles se conecta à rede (qual tipo de conexão é utilizado).
PlayStation 3
O vídeo game da Sony conta com o apoio da PSN, a PlayStation Network, uma rede de serviços online gratuita e unificada que oferece ao usuário desde suporte para partidas por internet até o download de atualizações, demonstrações, jogos e vídeos que são lançados semanalmente através das lojas regionais.
Playstation Home: Diversão com a galera
Além disso, foi lançada também a PlayStation Home, uma espécie de ambiente virtual online pelo qual o jogador pode criar um personagem para interagir com o restante da comunidade. Além de conversas, brincadeiras e outros atrativos, também é possível comprar itens de personalização e espaços fixos, como apartamentos mobiliados.
Conectando o console
O PlayStation 3 pode ser considerado o mais completo dos três concorrentes neste quesito, uma vez que ele já vem equipado de fábrica tanto com uma entrada para cabo Ethernet quanto com suporte para conexões sem fio (Wi-Fi). Cabe a você decidir qual das opções atende suas necessidades.
Vale a observação de que para partidas online a conexão por cabo sempre terá resposta mais rápida para o envio dos dados.
Wii
Apesar da rede online do vídeo game da Nintendo ser a menos robusta dentre as três concorrentes, ela ainda é capaz de oferecer uma série de serviços ao usuário, a exemplo da interação pelos Friend Codes, do WiiConnect24 (para manter o console sempre atualizado) e do Virtual Console — a loja virtual que oferece clássicos antigos de outras gerações, contando com preços bem razoáveis.
Nintendo Wii e os serviços
Imagem retirada do site oficial da Nintendo
Além disso, o usuário ainda pode criar sua própria versão virtual, chamada de Mii, contando com uma série de personalizações que vão desde o corte do cabelo até o estilo da roupa. Uma vez criados estes ícones, eles podem ser aproveitados também pra partidas online, bem como dentro de jogos, a exemplo do Wii Sports e do Wii Fit. Vale lembrar que o acesso e as partidas online são inteiramente gratuitas.
Conectando o console
O Nintendo Wii não possui entrada para cabo de rede Ethernet, o que significa que você só poderá conectá-lo à rede de sua casa por meio de Wi-Fi.
Xbox 360
Na rede da Microsoft — a Xbox Live — o que não faltam são opções e conteúdo: jogos novos e originais ou ainda alguns clássicos de outras eras redistribuídos através da Live Arcade por preços mais acessíveis e demonstrações ou trailers obtidos pela Live Marketplace.
As novidades que surgiram desde o lançamento são a criação de avatares personalizados (com um nível de estilização intermediário entre a Home da Sony e os Miis da Nintendo) e também a loja de vídeos, que oferece programação de televisão para compra e filmes para aluguel, em resolução padrão ou alta definição.
Avatares para seção online
Há, entretanto, um importante detalhe quando tratamos da Live: ela é dividida em dois tipos de conta, sendo eles Silver e Gold. Com a primeira você tem acesso a muitos serviços disponibilizados pela companhia, como chat, Marketplace e criação de perfil de usuário, tudo isso sem custo algum. Já se o seu objetivo é jogar online, é necessária a conta Gold, que tem um custo anual de US$ 49,99.
Conectando o console
O Xbox 360 está em uma situação oposta à do Wii, isto é, possui entrada para um cabo de rede Ethernet, mas não vem de fábrica com suporte para conexão por Wi-Fi. Para conectá-los sem fio à rede de sua casa é necessário comprar um adaptador USB especial, que custa em média US$ 99,99.

Tabela 3

Controles e acessórios
Eu ainda vou precisar de mais coisas?!?!
Não se desespere caro leitor! Nesta última seção — voltada apenas aos acessórios de cada console — nós não listaremos artigos obrigatórios, mas sim alguns que facilitarão sua vida. Novamente, todos os itens serão listados sob seus respectivos consoles.
PlayStation 3
Assim como para a conexão de internet, o vídeo game da Sony é o mais vantajoso para o usuário que não quer se incomodar com a troca de pilhas e nem de partes depois da compra, uma vez que todas as versões já incluem controles com bateria interna recarregável (e também um cabo para isso) e disco rígido interno.
Dual Shock
Apenas fique atento com as versões antigas do vídeo game: as capacidades eram mais baixas, circulando entre 20 GB e 60 GB para armazenamento de dados (contra os 80 mínimos atuais). Além disso, a primeira geração de controles, apesar de reconhecer movimentos, não incluía o sistema de vibração Dual-Shock.
Caso você tenha que comprar o controle com sistema de vibração, prepare-se para um custo de no mínimo US$ 45,00 por meio de importação.
Xbox 360
Ao lidar com o console da Microsoft, tudo depende de qual versão você pretende adquirir. Para a primeira e mais barata, Arcade, você terá que lidar com a troca de pilhas para os controles sem fio e com a falta do disco rígido, que pode ser adquirido posteriormente por um preço geralmente mais elevado do que o ofertado pelo pacote de console mais acessórios.
Controles e acessórios
Com o pacote Pro e com o Elite, o problema do armazenamento é solucionado, mas ainda assim você deve ter pilhas para alimentar os controles. As duas melhores opções para sanar o problema são a compra de versões recarregáveis (hoje bem baratas) ou ainda de um kit de bateria oficial recarregável (Play and Charge Kit). O valor oficial para o mercado norte-americano é de US$ 20, mas aqui no Brasil ele custa de R$ 60 até R$ 100.
Wii
O Wii já traz uma quantia suficiente de memória interna (para os serviços ofertados), sendo o problema mais uma vez a alimentação dos controles, realizada por pilhas. O pior de tudo é que não há uma bateria recarregável oficial, como visto acima para o Xbox 360, e as alternativas de outras marcas não funcionam tão bem como o esperado.
Depois de ler toda esta enxurrada de conteúdo e de dicas, você estará finalmente pronto para entrar nesta geração de vídeogames! Só falta escolher qual dos três será o eleito para ocupar a estante da sua sala ou do quarto.
Tem dúvidas ou sugestões? Então não deixe de comentar logo abaixo para que nós possamos explicar tudo. E para saber mais também sobre os jogos e consoles, não deixe de conferir também o Baixaki Jogos, o portal oficial sobre o assunto!
Até a próxima!

 
©2007 '' Por Flávio JP